domingo, 22 de julho de 2007

O APAXONADO POR ESTANTES COM LIVRO E OUTRAS GARRAFASO APAXONADO POR ESTANTES COM LIVRO E OUTRAS GARRAFASO APAXONADO POR ESTANTES COM LIVRO E OUTRAS GARRAFASO APAXONADO POR ESTANTES COM LIVRO E OUTRAS GARRAFASOO APAXONADO POR ESTANTES COM LIVRO E OUTRAS GARRAFAS APAXONADO POR ESTANTES COM LIVRO E OUTRAS GARRAFASO APAXONADO POR ESTANTES COM LIVRO E OUTRAS GARRAFASOO APAXONADO POR ESTANTES COM LIVRO E OUTRAS GARRAFAS APAXONADO POR ESTANTES COM LIVRO E OUTRAS GARRAFASO APAXONADO POR ESTANTES COM LIVRO E OUTRAS GARRAFASO APAXONADO POR ESTANTES COM LIVRO E OUTRAS GARRAFASOO APAXONADO POR ESTANTES COM LIVRO E OUTRAS GARRAFAS APAXONADO POR ESTANTES COM LIVRO E OUTRAS GARRAFASO APAXONADO POR ESTANTES COM LIVRO E OUTRAS GARRAFASO APAXONADO POR ESTANTES COM LIVRO E OUTRAS GARRAFASO APAXONADO POR ESTANTES COM LIVRO E OUTRAS GARRAFAS

4 comentários:

argh, lemòn disse...

ruinzinho.

Rafael Mafra disse...

"mais", no sentido de mas...
"um imitação"...
"não vou estender"...

Até aí, tudo bem.
Mas o cara nem para pra pensar.
"...vergonha para o mundo dos letrados", risadas para os letrados.

Ah! O cara devia, ao menos, saber acentuar.

De qualquer forma, minha incompreensão é mais bonita que a dele.

Abraços!

Nelson Galvão disse...

Liberdade, liberdade, liberdade!
Fraternidade, fraternidade, fraternidade!

O que seria do teatro brasileiro sem Qorpo Santo? Ou José Campos Leão?

Mhel??? disse...

alguém me explica isso aqui?
to viajando na maionese.