quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Burrus


1 – Calem a boca! Gostaria que todos se calassem!

2 – Formulário laranja. Preenche em duas vias. Letras de fôrma sem rasuras. Entrega no guichê vinte e sete.

1 – Quê?

2 - Formulário laranja. Preenche em duas vias. Letras de fôrma sem rasuras. Entrega no guichê vinte e sete.

1 – Isso eu entendi!

2 – Então?

1 – Eles se calam?

2 – Com o protocolo do guichê vinte e sete, você entrega o formulário amarelo, totalmente preenchido com letres de fôrma e sem rasuras no guichê quarenta e dois, junto com uma carta redigida a próprio punho explicando detalhadamente a solicitação.

1 – Quê?

2 – Com o protocolo do guichê vinte e sete você entrega o formulário amarelo...

1 – Tudo bem! Tudo bem! Isso eu também entendi!

2 – Então?

1 – Eles se calam?

2 – No guichê quarenta e dois você vai precisar dos originais e cópias do RG, CPF, comprovante de residência, comprovante de casamento, se for o caso; caso não seja, certidão de nascimento, título de eleitor com os comprovantes de comparecimento das últimas quatro eleições, se for o caso; se acaso você for novo demais para tantas eleições, traga todos os comprovantes. Todos os comprovantes, inclusive os de comparecimento às eleições, devem estar descritos de forma clara na carta de solicitação redigida a próprio punho que, aliás, deverá ser sem pauta; uma folha branca de sulfite serve.

1 – E daí, eles se calam?

2 – Após comparecer ao guichê quarenta e dois entregando toda a documentação, originais e cópias, o senhor deverá aguardar. Se no período de quinze dias úteis o senhor não receber, na sua residência, a confirmação de entrada da sua solicitação, o senhor deverá comparecer no guichê cinqüenta e sete, com o formulário verde-esperança completamente preenchido com letras de fôrma e sem rasuras, além de toda a documentação solicitada anteriormente; originais e cópias.

1 – E quê mais?

2 – Ao entregar toda a documentação solicitada no guichê cinqüenta e sete, o senhor receberá o protocolo de reentrada de sua solicitação. Com o número de registro deste protocolo, o senhor poderá acompanhar a evolução do seu processo via internet, pelo nosso site na rede.

1 – Tudo bem! Tá certo! Já entendi tudo! Mas responde só uma coisa pra mim. Eles se calam?

2 – Senhor, isso vai depender da evolução do seu processo.

1 – Mas fala pra mim, alguma vez isso deu certo? Alguma vez eles já se calaram?

2 – Desculpe, senhor, este não é meu departamento. Não tenho acesso a este tipo de informação. E, se tivesse acesso, não poderia dá-la, pois correria o risco de ser administrativamente penalizada, de acordo com as diretrizes expostas no nosso manual interno de conduta funcional.

1 – Ah! Não é de seu departamento?

2 – Não, não é.

1 – E existe alguém do quadro funcional desse departamento por perto que possa me ajudar?

2 – A única funcionária disponível no momento, pelo que vejo, é aquela ali.

1 – Ei...

3 – Desculpe. Não posso ajudá-lo de nenhuma forma. Estou no meu horário de almoço.

1 – É só uma informação...

3 – Não posso. Perdão.

1 – Mas será possível?

2 – Posso ajudá-lo em mais alguma coisa senhor?

1 – Claro que pode! Pode sim! E pare de me chamar de senhor! Eu tenho menos da metade da tua idade! Me ajuda! Custa alguma coisa? Eu não vou te denunciar para ninguém! Fica só entre a gente!

2 – Senhor, já te disse que não posso. E peço que se acalme. Se o senhor continuar com essa postura, terei de chamar os seguranças.

1 – Seguranças? Seguranças? Você poderia chamar a polícia se eu tivesse uma arma nas mãos! Mataria primeiro você e seus manuais! Depois mataria aqueles que não se calam!

2 – Senhor, para a solicitação de armas de fogo, basta preencher o formulário azul e entregá-lo no guichê nove, com originais e cópias de RG e CPF. O senhor até que tem sorte, pois estamos em época de carnaval e a superintendência, para poupar-nos de tanto trabalho nestes dias de festas, não está exigindo o exame psicológico para a solicitação em questão!

2 comentários:

Paulo Cezar Filho disse...

Insanas burocracias...do caralho, o texto.

abraço.

adestrador de lesmas disse...

gozei

muito bom

um abraço